Exposição de Arte

Há 15 anos, a Zupi, a Zupi Academy e o Pixel Show vem fomentando, incentivando e registrando a produção de trabalhos autorais, mostrando o que há de melhor em termos de arte, design, ideias, cultura, criatividade e tendências no mundo inteiro. Esse ano reservamos um espaço do Pixel Show para uma mostra de alguns artistas trazidos pela Galeria Tato, e também contará com uma intervenção do street artist Crânio. A Galeria Tato foi fundada em 2010 por Tato DiLascio, e trabalha com artistas efervescentes e multidisciplinares, que guardam grande afinidade com as questões atuais da arte contemporânea, resultando assim numa grande mistura de múltiplas influências.

cranio

CRANIO
Os índios nasceram na tentativa de encontrar um personagem com a cara do Brasil, e ele não poderia ter escolhido melhor! Com um toque azul e uma linha marcante, a figura brasileira está sempre em situações que roubam olhares e instigam a pensar sobre questões como consumismo e meio ambiente.

www.cranioartes.com

francisco-hurtz

FRANCISCO HURTZ
Através da utilização de linhas e espaço vazio na superfície pictórica, o artista descontextualiza imagens e as reorganiza em sua pesquisa. Sua obra aborda a apropriação e recontextualização de imagens, passando pela Teoria Queer e as relações entre corpos e espaço.

www.instagram.com/franciscohurtz

luiz83

LUIZ83
Luiz traz a profusão de cores e formas que encontramos nas ruas. Tem, nas técnicas aprendidas com o graffiti, uma das âncoras de sua arte. Sua trajetória também revela a experiência do artista em São Paulo: cores e formas falam do espaço urbano comunicando a cidade através da intervenção no espaço.

www.facebook.com/luiz83.arte

mariana-riera

MARIANA RIERA
Trabalha com desenhos em grandes dimensões feitos com pastel seco e pintura a óleo. Representa principalmente a figura humana, trazendo questões que subvertem os padrões do gênero de retrato. Costuma trabalhar com modelos que fazem parte do seu círculo de convivência.

marcelo-gandhi

Marcelo Gandhi
O papel é essencial para a produção de Marcelo Gandhi. Seus traços, feitos de nanquim e canetas Stabilo, costumam repousar nessa superfície. Seus trabalhos questionam os tempos atuais, marcados pela pulsação da vida contemporânea e sua natureza caótica e pulverizada.

www.flickr.com/photos/marcelogandhi

Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e Zupi apresentam a 12º Edição do Pixel Show

proac2
PATROCÍNIO
lupo
dafiti2
REALIZAÇÃO
secreatria-cultura2
zupi